DIA MUNDIAL DOS AVÓS E DA PESSOA IDOSA

DIA MUNDIAL DOS AVÓS E DA PESSOA IDOSA

Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, que os susterá (Is 46, 4)

No período da Pandemia, em que as pessoas precisaram se isolar, em casa, ao final da oração do Ângelus, em 31 de janeiro de 2021, Sua Santidade o Papa Francisco instituiu o dia dos avós e das pessoas idosas, a ser celebrado no quarto domingo do mês de Julho, de cada ano. A motivação principal é mostrar ao mundo, às gerações que os avós e pessoas idosas são portadoras de um legado, de experiências de vida, que não podem ficar no anonimato, ou, até mesmo esquecido. Precisamos saber ouvir, tantas vezes quanto necessário o mesmo assunto e, pacientemente colher dos avós e da pessoa idosa, sua carga de experiências, lutas, labutas e superações dos entraves e desafios da vida.

Neste segundo ano celebrativo, o Papa Francisco motivado pelo Salmo 92, 15, o intitula: ” DÂO FRUTO MESMO NA VELHICE “.  Ao anunciar este versículo ao mundo, contra a corrente e o que alguns idosos pensam, estaremos anunciando o EVANGELHO VIVO, a ser acolhido por todos. A bem da verdade, ninguém se prepara para envelhecer, e no acumulado dos anos, que os cabelos embranquecem ou caem, às cormobidades aparecem e as forças se esvaem. É neste contexto, que os avós e as pessoas idosas devem ser olhados e integrados no seio das famílias, lugar do afeto, atenção e cuidado. Embora a força e o vigor não são tantos, a experiência da vida faz a diferença, devendo ser partilhada com as gerações, na convivência e normalidade da vida. Precisamos ter cuidado e não achar que lugar de avós e das pessoas idosas é no lar, asilo, casa de repouso, ou, qualquer outra nomenclatura que possamos pontuar. Lugar dos avós e das pessoas idosas, é na Família, essa é insubstituível e deve ser lugar da partilha, do afeto, experiência de vida, do trabalho e do cuidado.

Das muitas dimensões a serem resgatadas nos avós e das pessoas idosas, queremos pontuar a dimensão da ternura, do afeto e da reciprocidade. Como gostam das crianças, dos netinhos, adolescentes e jovens. Neste âmbito, os avôs e as pessoas idosas rejuvenescem e criam vitalidade. Agindo dessa forma, tendo essas atitudes, levantaremos a auto estima deles resgatando-lhes o sentimento da utilidade e o processo de que a missão ainda tem continuidade sentirão proativos e promotores dos valores, pela experiência acumulada de anos a dentro.

Olhando o panorama dos avós e das pessoas idosas, constatamos que precisamos envelhecer com qualidade de vida, e não ser enquadrado na ” CULTURA DO DESCARTE “, sendo colocado em verdadeiro depósito de idosos. Outra dimensão a ser trabalhada na vida dos avós e das pessoas idosas, dentro da espiritualidade, é a dimensão orante. Quanto bem podemos e devemos fazer, quando pela oração vamos rezando pela humanidade, deixando-nos ser absorvidos por Deus, deixando Deus tomar posse de nós.

A humanidade carece de orações, mal se tem o ” controle da PANDEMIA “, estamos vivendo em ” GUERRA “. Mal a geração da segunda GUERRA MUNDIAL completa seu ciclo temporal, terreno, estoura outra GUERRA, no Continente Europeu. Precisamos rezar, pela experiência de vida, criar situações para que o coração da humanidade, possa ser inundado com motivações de PAZ.

Celebrando o segundo ano dos avós e das pessoas idosas, dentro da SINODALIDADE da Igreja: comunhão, unidade na missão, a Pastoral da Pessoa IDOSA no Brasil, nos propõe quatro tarefas a serem efetivadas no Domingo próximo, 24/07, como gesto concreto da celebração deste dia:

1- Visitar as pessoas idosas, em família, portando a mensagem do Papa Francisco e as entregando;

2- Entregar aos Padres da Paróquia as mensagens do Papa e da CNBB, alusivas ao dia;

3- Incentivar adolescentes e jovens a visitarem os avós e pessoas idosas;

4- Agendar na Paróquia missa especial, para os avós e pessoas idosas.

Procurando acolher as mensagens do Santo Padre, o Papa Francisco, bem como, a da CNBB, façamos deste dia um marco referencial na vida dos avós e das pessoas idosas, em suas Famílias, Comunidades e Igreja.

Queremos abençoa-los, suplicando as intercessões de São Joaquim e Santa Ana, avós de Jesus.

Desça sobre vós as bênçãos de Deus todo Poderoso: Pai e Filho é Espírito Santo.

Fraterno abraço e parabéns pelo vosso dia.

                                                                   Pe. Vicente Batista de Paiva a-sjc.

Mais Vistas

Animação Vocacional

O Serviço de Animação Vocacional Joseleito busca acompanhar os jovens no seu caminho existencial rumo à maturidade para que possam descobrir sua vocação específica e realizá-la à luz do mistério divino.

Assine Nossa Newsletter

Endereço

Sociedade Joseleitos de Cristo
Casa Geral “Pe. Gumercindo”
Rua Prof. Luís Anselmo, 99  (Luís Anselmo)
CEP.: 40.260-485 – Salvador – BA

© Copyright Sociedade Joseleitos de Cristo. Feito com por